Futebol

Santa Clara decide eventual expulsão de antigo dirigente

Santa Clara decide eventual expulsão de antigo dirigente

 

Lusa / AO online   Futebol   14 de Out de 2009, 16:05

A Assembleia Geral do Santa Clara, da Liga de Honra de futebol, debate a 29 de Outubro uma proposta da direcção para a expulsão do clube do antigo dirigente Pedro Castanheira, condenado por abuso de confiança agravado.
O presidente do Santa Clara, Cruz Marques, considerou não fazer sentido manter no clube "um sócio condenado pelo Tribunal por um crime associado a uma intervenção que lhe foi prejudicial".

Pedro Castanheira, antigo vice-presidente e director desportivo do Santa Clara foi condenado a três anos de prisão, com pena suspensa por um ano, na condição de pagar 150 mil euros ao clube.

Segundo considerou o Tribunal, esse montante corresponde à verba desviada do Santa Clara e que se destinava ao pagamento da segunda prestação do passe desportivo do avançado Ceará a um clube brasileiro.

Na AG de 29 de Outubro, o clube açoriano da Liga de Honra vai proceder, também, à apreciação das contas da época 2008/2009, que revelam um défice resultante, sobretudo, do serviço da dívida, indicou Cruz Marques à agência Lusa.

O presidente do Santa Clara referiu que, excluindo o serviço da dívida, a conta revela uma situação equilibrada.

Apesar das dificuldades foi possível amortizar, na última época desportiva, passivo na ordem de um milhão de euros, estimando-se um novo abatimento de encargos num montante de 900 mil euros na época 2009/2010, acrescentou.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.