Açoriano Oriental
Arte
Roma vai ser a capital europeia da arte africana
Uma extensa mostra dedicada à arte criada nos últimos vinte anos no continente africano abre esta quarta-feira em Roma, onde ficará até 17 de Janeiro de 2010.

Foto:
Autor: Lusa / AO online
"África? Uma Nova História" pretende ser um quadro completo da criação artística de 19 países africanos, um objectivo ambicioso segundo o coordeador, André Magnin, "mas respeitando a singularidade de cada um dos artistas", 30 no total.

As visões pessoais destes artistas manifestam-se através de todos os tipo de arte, desde a pintura à escultura, as instalações e a banda desenhada.

São estilos diversos, que vão desde o surrealismo dos congoleses Chéri Samba e Pierre Bodo, à abstracção de "The Return of the Main Circus", do namibiano Herman Mbamba, ou o hiper-realismo de Chéri Chérin, até aos objectos imaginados de Abu Bakarr Mansaray, passando pelas maquetas de Bodys Isek Kingelez ou a arte com materiais recuperados da instalação "Roleta do Benim", de Romuald Hazoumé.

No entanto, entre toda esta variedade proveniente de culturas tão diversas, podem identificar-se motivos comuns na maioria dos artistas: o colorido intenso e um olhar irónico, que retrata com humor o mundo moderno.

Frédéric Bruly Bouabré, Chéri Chérin e Calixte Dakpogan são outros dos artistas presentes na mostra.
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.