Revista de Imprensa Nacional


 

Lusa/ AO   Nacional   11 de Out de 2007, 06:50

A aprovação de medidas para descongestionar tribunais judiciais e o descongelamento de carreiras na Função Pública estão hoje em destaque na imprensa que adianta ainda que Governo deverá receber resultados das análises de Maddie antes da PJ.
O Jornal de Notícias destaca na capa “Governo penaliza quem recorrer aos tribunais”, realçando que o Executivo aprova hoje dez novas medidas para descongestionar instâncias judiciais.

    O jornal escreve que a aposta é alargar a resolução alternativa de conflitos e penalizar nas custas judiciais quem inviabilizar essa opção.

    “Dois seleccionados entre os melhores do mundo” é outro título de destaque do JN que adianta que Deco e Cristiano Ronaldo foram nomeados pela FIFA para a escolha de futebolistas do ano.

    A exigência do Presidente da República, Cavaco Silva, para que investigação sobre alegados maus-tratos na Casa Pia vá até ao fim e a redução de carros na cidade de Lisboa com a abertura do último troço do Eixo Norte-Sul são assuntos abordados do JN.

    O matutino realça ainda os títulos “Imposto sobre combustíveis já não vai aumentar”, “Fruta e carne também podem ser comprados a crédito” e “Novos contadores da luz custarão até 133 euros”.

    “Função Pública desaperta o cinto” escreve o Correio da Manhã em manchete, salientando que o Governo garante manutenção do poder de compra dos portugueses em 2008.

    O jornal diz que o primeiro-ministro José Sócrates descongela carreiras e garante poder de compra para a Função Pública.

    Sobre o caso Maddie, o CM revela que a Polícia Judiciária quer ouvir amigos que estiveram com o casal McCann na Praia da Luz, Lagos.

    “Abusos na Casa Pia: Cavaco [Silva] exige investigação até ao fim”, “Zita Seabra na corrida para liderar PSD no Parlamento”, “Alto quadro da UE em rede pedófila” e “Coordenadora da Judiciária libertada” são outras chamadas de capa do CM.

    O Diário de Notícias titula “Governo vai ter análises de Maddie antes da PJ”.

    O diário avança que os resultados das análises de ADN não deverão chegar à PJ esta semana já que, por questões diplomáticas, terão de ser enviados para o Ministério dos Negócios Estrangeiros, de onde seguem para o Ministério da Justiça.

    Só depois, escreve o jornal, serão libertadas para a PJ.

    Na capa, o DN realça também a polémica gerada pela abertura do Museu Nacional da História da Imigração em Paris, onde não estiveram presentes membros do governo francês.

    Os responsáveis pelo museu não quiseram convidar o governo, nem o Presidente da República, por não estarem de acordo com as actuais políticas de imigração das autoridades francesas.

    O DN adianta ainda que a canonização dos Pastorinhhos Jacinta e Francisco Marto está em risco, referindo que os peritos do Vaticano estão insatisfeitos com provas.

    “Autógrafo de Cavaco valeu 50 euros”, “Leões contratam miúdo de 8 anos”, “17 mil portugueses viciados no jogo”, “Casa Pia volta a estar sob fogo” e “FIFA quer cinco árbitros por jogo” são outros destaques do DN.

    “Gerry não é pai biológico de Maddie” é a manchete do 24horas, revelando que uma nova prova explica porque o ADN encontrado em casa e no carro não pode ser dos irmãos gémeos de Madeleine.

    O 24horas puxa ainda para a capa “Casa Pia: João Pedroso acusa Catalina [Pestana] de ignorar provas que ilibavam o irmão”, “Miúdo açoriano ganha 50 euros com autógrafo de Cavaco e Maria” e “José Alberto Carvalho assina documento a criticar José Rodrigues dos Santos”.

    O Público noticia “Custo do abate de pinheiros doentes dispara de 3,6 para 70 milhões”.

    O matutino diz que os trabalhos de remoção de pinheiros afectados pela doença do nemátodo entre Odemira e Vila Franca de Xira vão ter um custo superior ao inicialmente previsto.

    O ministro da Agricultura, Jaime Silva, já pediu uma inspecção às contas, acrescenta o Público.

    O jornal puxa também para a capa “Turismo: A nova preocupação ambiental”, “Tratado Europeu: Líderes afastam ratificação por referendo” e “Vaticano rejeita milagre para canonização” dos pastorinhos”.

    O Jornal de Negócios dedica hoje quatro páginas à apresentação do Orçamento do Estado para 2008 e faz manchete com “Senhorios que façam obras vão ter 10 anos de isenção de IMI”.

    O JdN anuncia também que no sábado vai pôr na rua uma edição extra sobre Orçamento do Estado 2008.

    O económico destaca também uma entrevista ao vereador do urbanismo da Câmara Municipal de Lisboa Manuel Salgado na qual refere que “a câmara faz mal obras de reabilitação”.

    O Diário Económico escolheu para manchete o título “PT e Sonae estudam venda de electricidade”, referindo que ambas estão a avaliar as novas áreas de negócio que envolvem eléctricas nacionais.

    “Viver no interior vai dar benefício fiscal” é outro título de destaque do DE, adiantando que o orçamento do Estado para 2008 vai ter novos benefícios em IRS.

    “BCP abre primeiras agências na Roménia”, “Reforma do Estado adiada para a segunda metade de 2008”, “Luís Filipe Menezes e Santana Lopes desentendem-se” e “Acidente de trabalho passam a ser resolvidos fora dos tribunais” são outras chamadas de capa do DE.

    A revista Visão puxa hoje para a capa “A paixão da boa mesa”, realçando histórias de “grandes cozinheiros amadores e conselhos dos `chefs´ mais conceituados”.

    A Visão chama ainda a atenção para a opinião de 30 “notáveis” sobre novo líder do PSD, Luís Filipe Menezes” e uma entrevista com o músico David Fonseca.

    A revista Sábado destaca “Uma semana incrível com os Gato Fedorento”, “A ressurreição de Santana [Lopes]: O regresso do morto-vivo”, “As perseguições e os favores na RTP” e “A vida de crime de um miúdo de 13 anos”.

    Os sportinguistas Stojkovic e Miguel Veloso repetem hoje presença nas manchetes dos diários desportivos A Bola e O Jogo, enquanto o Record volta a dedicar a primeira página ao Benfica.

    “Stojkovic - não errei no Dragão”, titula A Bola, referindo que o guarda-redes sérvio do Sporting rejeita responsabilidades no caso do alegado atraso de Polga que provocou um livre indirecto, o qual resultou no golo dos bicampeões portugueses.

    O Jogo anuncia em manchete “Miguel Veloso titular na selecção”, comentando que está assim encontrado o “trinco” que vai alinhar pela selecção portuguesa contra o Azerbeijão, no desafio de sábado a contar para o apuramento para o Euro2008.

    “Benfica corta nos ordenados”, revela o Record, anunciando a chegada à Luz de um tecto salarial e explicando que foi esta nova política que ditou a saída do avançado italiano Miccoli, emprestado pela Juventus.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.