Revista de imprensa nacional


 

Lusa/AO   Nacional   3 de Out de 2007, 06:32

A demissão do inspector do caso Maddie, Gonçalo Amaral, por críticas à polícia inglesa, a divulgação na Internet das dívidas dos Ministérios e o aumento do desemprego em Portugal fazem hoje as manchetes dos jornais diários.
O Correio da Manhã realça na primeira página “Pressão inglesa demite PJ”, referindo que Gonçalo Amaral foi afastado do caso no dia em que cumpriu 48 anos.

    O coordenador da investigação do caso Madeleine acusou, em declarações publicadas terça-feira pelo Diário de Notícias, a polícia inglesa de investigar "unicamente" pistas e informações "trabalhadas" pelos pais de Madeleine McCann.

    Na sequência destas declarações, o director nacional da Polícia Judiciária, Alípio Ribeiro, anunciou que Gonçalo Amaral “cessou a comissão de serviço como coordenador do Departamento de Investigação Criminal de Portimão.

    Também o Público destaca hoje em manchete “Demitido o inspector do caso Madeleine, investigação não sai do impasse”, frisando que as críticas à polícia britânica estão na origem do afastamento de Gonçalo Amaral.

    Sobre este assunto, o Jornal de Notícias escreve “Ataque à acção da polícia inglesa afasta responsável pelo caso Maddie” enquanto o Diário de Notícias titula “Amaral vai ter sucessor que lhe era próximo”.

    O 24horas diz que “Responsável pela investigação da PJ foi demitido no dia em que fez 48 anos”.

    O Correio da Manhã chama à primeira página a vitória do Sporting frente ao Dínamo de Kiev por 2-1 em jogo da segunda jornada do Grupo F da Liga dos Campeões.

    “Liga responsável por dívida de 20 milhões ao Fisco”, “Gestor burla Missionários da Consolata”, “[Gordon] Brown dá luz verde a Tratado de Lisboa” e “Capelões: Cardeal [Patriarca] critica governo” são outras chamadas de capa do Correio da Manhã.

    O matutino oferece com a sua edição de hoje um livro sobre o desaparecimento de Maddie intitulado “O diário do Mistério”.

    “Dívidas dos Ministérios divulgadas na Internet” é a manchete do Diário de Notícias, adiantando que a divulgação das dívidas do Estado a cidadãos e empresas deverá ficar limitada à administração central, deixando de fora empresas públicas e autarquias.

    As alterações constam das propostas avançadas pelo PS a um projecto do CDS que visava a publicação das dívidas do Estado e outras entidades públicas, indica o DN.

    “Flores de plástico na paz entre Coreias” é outro título do DN, referindo que na terça-feira o presidente sul-coreano, Roh Moo-hyun, atravessou a pé, pela primeira vez, a fronteira com a Coreia do Norte.

    “Galp substitui chineses em Angola”, “Sporting vence fora de casa e quebra maldição”, “PGR [Procuradoria-Geral da República] quer inspeccionar PJ” e “10 por cento dos bebés de Badajoz são lusos” são temas abordados no DN.

    O Jornal de Notícias puxa para a capa “Desemprego baixa na Europa mas aumenta em Portugal”, realçando que em Agosto, tinha uma das mais altas taxas, ultrapassando a Espanha pela primeira vez.

    O diário escreve que a região Norte continua a liderar com 9,4 por cento de pessoas sem trabalho seguindo-se Lisboa.

    Os especialistas, indica o JN, dizem que subida irá manter-se afectando sobretudo os jovens.

    Sobre a vitória do Sporting sobre o Dínamo de Kiev por 2-1, o JN titula “Vitória dos centrais”.

    “[Luís Filipe] Menezes delega competências na Câmara e no partido”, “Chuva provoca inundações em Lisboa e no Algarve”, “Vaga de assaltos aterroriza comunidade cigana” e “40 mil famílias em lista de espera para habitação social” são outras chamadas de capa do JN.

    O Público destaca na capa uma fotografia que mostra o presidente da Coreia do Norte, Kim Jong-il, à espera do líder da Coreia do Sul, titulando “Encenação, flores e uma cimeira”.

    O matutino chama ainda à primeira página “Vitória do Sporting em Kiev foi primeira fora na Liga dos Campeões”, “Patriarca lembra ao Governo papel social da Igreja”, “ASAE fecha cozinhas de dois hospitais” de Lisboa e “PT pede fundos aos accionistas para crescer”.

    O 24horas faz hoje manchete com o título “Balbúrdia no filme de Carolina [Salgado]”.

    De acordo com o diário, o produtor do filme cortou 17 minutos de cenas e o realizador João Botelho demitiu-se.

    João Botelho, escreve o 24horas, recusa assinar a realização da película que conta a mesma história do livro que ataca presidente do FC Porto, Pinto da Costa.

    Na capa, o jornal chama ainda a atenção para uma história sobre o infiltrado do SIS na comunidade islâmica de Lisboa e a vitória do Sporting frente ao Dínamo de Kiev.

    O Jornal de Negócios avança na primeira página que “Gulbenkian reforça produção de petróleo no Médio Oriente”.

    O económico destaca também uma entrevista ao presidente da Partex, António Costa e Silva, na qual diz que “crude vai subir para 100 dólares”.

    “Gazprom entra no capital da Galp até ao final do ano”, “Bolsa volta a subir”, “Microsoft lança versão portuguesa do msn” e “Apoio ao arrendamento jovem arranca em Dezembro” são outros títulos do JdN que realça ainda a frase da directora do FMI, Teresa Ter-Minassian: ”É preciso acelerar a reforma da Função Pública”.

    “Galp explora petróleo e gás de Hugo Chavez” é a manchete do Diário Económico, salientando que a petrolífera acaba de assinar um memorando de entendimento com a Petróleos da Venezuela.

    O económico puxa também para a capa “Por que sobe o desemprego e em que profissões” e faz a comparação com os outros países.

    O jornal titula ainda “Bolsa com maior ganho desde a OPA ao BPI”, “Há dez mil processos por crimes fiscais”, “Renováveis: Energia das ondas arranca em Portugal ainda este mês” e “Crédito hipotecário: Resultados da banca vistos à lupa em busca de indícios da crise do `subprime´”.

    “Sobreviver no Emprego” é o título de destaque hoje na revista Focus, que dá umas dicas para evitar o assédio sexual, sobre os segredos do sucesso no trabalho, como ser aumentado e como lidar com os chefes.

    A Focus realça ainda a vitória de Luís Filipe Menezes nas eleições para liderança do PSD e “histórias do poderoso Pedro Teixeira Duarte na vida e nos negócios”.

    Os desportivos preenchem a capa com a vitória do Sporting sobre po Dínamo de Kiev (1-2), na segunda jornada do grupo F da Liga dos Campeões.

    "EmPOLGAnte" é o título de destaque de O Jogo, sobre foto dos festejos dos jogadores do Sporting no segundo golo do clube de Alvalade, marcado pelo central brasileiro Anderson Polga.

    "Temos um grupo fantásticoe todas as condições" é a frase do jogador brasileiro citada pelo jornal.

    O Record escolhe um título semelhante para a manchete: "Sporting empolga", afirmando que "brasileiro guardou-se para vitória histórica", uma vez que se trata do primeiro golo do brasileiro com a camisola dos "leões", "1.502 depois da estreia" pelo clube de Alvalade.

    A Bola publica também uma foto dos festejos do golo da vitória leonina com o título "Suor de leão", referindo em substítulo que no jogo de terça-feira em Kive houve "dois golos de defesas-centrais e muita luta".

    O jornal assinala que ao fim de 162 jogos pela camisola do Sporting o defesa brasileiro Polga marcou finalmente o primeiro golo pela equipa.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.