Açoriano Oriental
Rei Carlos III lança comemorações do Dia D no Reino Unido

O rei Carlos III presidiu às comemorações do desembarque dos Aliados na Normandia durante a II Guerra Mundial, cercado de representantes políticos, veteranos e membros da família real em Portsmouth, no sul de Inglaterra.

Rei Carlos III lança comemorações do Dia D no Reino Unido

Autor: Lusa/AO Online

O monarca de 75 anos, que retomou os seus compromissos públicos no final de abril enquanto realiza um tratamento contra um cancro, discursou no palco ao lado da rainha Camilla.

“Ao agradecermos àqueles que tanto deram para alcançar a vitória que desfrutamos hoje, vamos renovar o compromisso de sempre lembrar, valorizar e honrar aqueles que serviram”, disse o rei a uma multidão que agitava milhares de pequenas bandeiras britânicas.

“Oito décadas depois, é quase impossível imaginar as emoções sentidas naquele dia, o orgulho de fazer parte de uma missão tão grande, a angústia de não estar à altura da tarefa e o medo que aquele dia fosse o último”, afirmou o monarca britânico.

Organizado no maior sigilo pelos norte-americanos, pelos britânicos e pelos homens do general francês Charles de Gaulle, o desembarque das tropas aliadas em 06 de junho na Normandia abriu o caminho para a libertação de França e à derrota da Alemanha nazi, que levaria ao fim da II Guerra Mundial.

O veterano Roy Hayward, que tinha 19 anos durante a Operação 'Overlord', disse num discurso que sempre “se considerou um dos sortudos que sobreviveram”.

Este soldado, cujas pernas foram amputadas durante a guerra, quis “honrar a memória e o património” dos homens e mulheres que “colocaram as suas vidas em espera para irem lutar pela democracia e por esse país”.

O rei Carlos III, comandante-em-chefe das forças armadas do Reino Unido que serviu na Marinha e na Força Aérea, também viajará para França para participar numa cerimónia no memorial britânico em Ver-sur-Mer, na Normandia, na quinta-feira.

Será a primeira visita ao estrangeiro do monarca britânico desde o anúncio do seu cancro – sobre o qual o Palácio de Buckingham não deu mais detalhes.

O primeiro-ministro do Reino Unido, Rishi Sunak, o príncipe herdeiro William e veteranos britânicos participarão na comemoração internacional do Dia D – como é chamado o dia do desembarque das tropas aliadas em França - na chamada "praia de Omaha", sob a liderança do Presidente francês, Emmanuel Macron, e são esperados muitos chefes de Estado, incluindo o Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e o chefe de Estado ucraniano, Volodymyr Zelensky.

O monarca britânico, que retomou os seus compromissos a um ritmo bastante elevado, receberá também o imperador do Japão, Naruhito, e a sua mulher, a imperatriz Masako, em Londres, no final de junho, para uma visita de Estado.


PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados