Qualidade da água das piscinas municipais sobe para nível “Excelente”

Qualidade da água das piscinas municipais sobe para nível “Excelente”

 

Susete Rodrigues/AO Online   Regional   18 de Jan de 2019, 10:54

A qualidade da água das piscinas municipais da Ribeira Grande subiu de classificação no ano de 2018, atingindo o nível “Excelente” depois de vários anos consecutivos classificada como “Boa”, conforme relatório provisório enviado pela direção regional dos Assuntos do Mar à autarquia.


Para a subida da qualidade da água muito contribuiu o trabalho desenvolvido pelo Gabinete de Saúde Pública da Câmara da Ribeira Grande, em particular o reforço do controlo da qualidade da água das zonas balneares do concelho.


A este nível, explicou Tânia Fonseca, “foi implementado um reforço das análises que passaram a ter uma frequência semanal, permitindo desta forma diminuir o hiato de tempo entre a recolha e a entrega dos resultados pelo laboratório responsável pela análise à qualidade da água”, disse, citada em nota de imprensa.


A vice-presidente, responsável pelo Gabinete de Saúde Pública, vincou ainda que “o aumento da frequência das análises foi ao encontro da preocupação da autarquia em garantir mais informação sobre a qualidade da água das piscinas e assegurar maior celeridade no caso de ser necessário realizar alguma intervenção tendo em vista a correção de qualquer parâmetro relevante”.


A subida da classificação da qualidade da água nas piscinas municipais permite, também, que a Câmara da Ribeira Grande inicie, a partir de agora, o processo de candidatura à obtenção da bandeira azul para aquela zona balnear.


No que diz respeito às demais zonas balneares do concelho, as águas nas Calhetas, praia de Santa Bárbara e praia dos Moinhos mantiveram a classificação “Excelente”, reflexo da preocupação diária que a autarquia tem tido ao nível de assegurar as melhores condições aos banhistas.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.