Açoriano Oriental
PSD quer explicações sobre incumprimento de medidas de apoio a trabalhadores da Cofaco

Os deputados do PSD/Açores eleitos pelo Pico pediram, esta segunda-feira, explicações ao Governo Regional sobre o incumprimento de várias medidas do Plano de Ação para fazer face ao despedimento coletivo na fábrica da Cofaco na ilha.

article.title

Foto: PSD/A
Autor: Susete Rodrigues/AO Online

Em requerimento enviado à Assembleia Legislativa dos Açores, Marco Costa e Jorge Jorge lembraram que o Governo da República nunca criou um regime especial e transitório de majoração dos apoios sociais para os ex-trabalhadores da fábrica da Cofaco no Pico, apesar de uma Resolução aprovada nesse sentido na Assembleia da República em julho de 2018.

“Os trabalhadores despedidos da Cofaco deixaram de receber o subsídio de desemprego no verão passado, tendo ficado numa situação financeira difícil”, referem os parlamentares, em comunicado, onde acrescentam que também em relação às medidas do Plano de Ação, o Governo Regional “continua sem fazer a promoção das oportunidades de negócio e de investimento existentes no Pico, nem melhorar as acessibilidades à ilha, nomeadamente com o exterior da Região”.

“Continua também sem ser desenvolvido um plano específico de divulgação do Pico e do Triângulo, com enfoque no turismo de natureza”, sublinharam.

Para os deputados do PSD/Açores eleitos pela ilha do Pico, “aos Governos dos Açores e da República continuam sem acatar as deliberações dos parlamentos regional e nacional”.

Recorde-se que o encerramento da fábrica da Cofaco na Madalena do Pico, em janeiro de 2018, afetou diretamente cerca de 180 pessoas.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.