PSD não vai apresentar moção de rejeição do Programa do Governo


 

Lusa/AO Online   Nacional   4 de Nov de 2009, 15:42

Aguiar Branco  anunciou hoje formalmente que o PSD não vai apresentar uma moção de rejeição do Programa do Governo.  por considerar que lhe deve ser dada "oportunidade de começar a governar".

O líder parlamentar do PSD  considerarque lhe deve ser dada "oportunidade de começar a governar".

Questionado pela comunicação social, no Parlamento, sobre qual vai ser a posição do PSD no debate do Programa do Governo, que começa na quinta-feira, José Pedro Aguiar Branco respondeu que o seu partido vai discutir o documento e afirmar as suas posições.

"Não vamos apresentar nenhuma moção de rejeição", acrescentou o líder parlamentar e vice-presidente do PSD.

"Este Governo tem legitimidade para governar. Nós achamos que o Governo merece essa oportunidade", justificou.

Aguiar Branco referiu que "a estabilidade que o Governo tem reclamado passa pela possibilidade de governar e de governar bem".

"E, portanto, nós marcaremos as nossas diferenças, mas entendemos que deve ser dada oportunidade ao Governo para começar a governar e tentar que o país saia da crise em que está mergulhado", reiterou.

Aguiar Branco, que falava aos jornalistas no final da reunião do grupo parlamentar do PSD, apontou "as matérias relacionadas com a educação e com as empresas" como aquelas "que com certeza marcarão diferença entre as posições do PSD e as do Governo".

Questionado sobre a posição do PSD em relação ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, Aguiar Branco respondeu que os sociais-democratas estão "preocupados, neste momento", com a política educativa e com o debate do Programa do Governo.

"Cada coisa a seu tempo. Oportunamente teremos uma posição sobre isso", acrescentou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.