Trabalho

PSD defende intervenção do governo na COFACO para garantir fábrica do Faial

PSD defende intervenção do governo na COFACO para garantir fábrica do Faial

 

Lusa / AO online   Regional   10 de Fev de 2010, 10:02

A presidente do PSD/Açores defendeu esta quarta-feira a intervenção do governo regional na conserveira COFACO para evitar o encerramento da fábrica localizada na ilha do Faial, recentemente anunciado pela empresa, onde trabalham 44 pessoas.
“Parece que a empresa tem multas a pagar ao Governo e acho que é possível fazer com que essas multas revertam novamente a favor da empresa, para tentar segurar a fábrica na Horta e os despectivos postos de trabalho”, defendeu Berta Cabral.

A líder regional do PSD falava aos jornalistas na Horta, Faial, no final de uma reunião com representantes sindicais dos 44 trabalhadores que operam na unidade fabril que a COFACO pretende encerrar.

Berta Cabral recordou que o executivo açoriano já interveio na fábrica de conservas de Santa Catarina, em S. Jorge, e, mais recentemente, na fábrica de açúcar da SINAGA, em S. Miguel, que apresentavam dificuldades financeiras.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.