Sociedade

Projecto FIOS entra na segunda edição com o dobro das pessoas

Projecto FIOS entra na segunda edição com o dobro das pessoas

 

Rui Jorge Cabral   Regional   9 de Out de 2009, 21:12

A II ediçãodo projecto FIOS - Formar, Inserir e Ocupar Socialmente conta com cerca de 100 pessoas do Rendimento Social de Inserção (RSI), o dobro da primeira edição.
O projecto arrancou esta sexta-feira e deverá beneficiar um número idêntico de famílias, uma vez que são raras as situações em que mulher e marido integram o FIOS.

Durante os próximos seis meses, as cerca de 80 mulheres e 20 homens que integram a II edição do FIOS, com idades entre os 18 e os 55 anos, vão dedicar três horas por dia a acções de formação teórica e prática, com o objectivo de  ganhar competências para integrar, com autonomia, o mercado de trabalho.

Uma meta difícil de atingir sem ajuda por uma população que não tem muitas vezes sequer o 6º ano de escolaridade, havendo mesmo analfabetos.

O projecto do instituto de Acção Social e da Agência para a Qualificação e Emprego de Ponta Delgada, numa rede com IPSS, autarquias e a administração regional, vai tentar dar ou reforçar nesta população do RSI noções como a auto-estima pessoal, a gestão de conflitos ou do tempo no trabalho, a higiene e a segurança, como fazer um currículo ou até como procurar um emprego.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.