Programa de cedência de livros escolares usados a famílias carenciadas sem adesão na Praia da Vitória

Programa de cedência de livros escolares usados a famílias carenciadas sem adesão na Praia da Vitória

 

Lusa/Aonline   Regional   5 de Set de 2011, 12:52

O programa de cedência de livros escolares usados a famílias carenciadas lançado durante as férias escolares pela Câmara da Praia da Vitória, na Terceira, Açores, "falhou" os seus objetivos, admitu hoje Paulo Codorniz, vereador da Cultura.

“Por deficiente informação, porque as pessoas não perceberam a mensagem ou porque o governo e as escolas têm programas de apoio à aquisição de livros novos pelas famílias carenciadas podem ser motivos para o insucesso da iniciativa”, afirmou o vereador em declarações à Lusa.

Paulo Codorniz revelou que foram recolhidos 500 livros escolares, a partir do quinto ano de escolaridade, "mas apenas se inscreveram duas dezenas e meia de pessoas” para os receber.

“A divulgação da recolha e distribuição dos livros escolares foi feita junto dos estabelecimentos de ensino, juntas de freguesia, casas do povo e sociedades recreativas”, acrescentou.

Paulo Codorniz assegurou, no entanto, que no próximo ano a Câmara da Praia da Vitória pretende "renovar a iniciativa e melhorar a comunicação com os habitantes".

 


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.