Presumíveis terroristas da ETA já estão no Tribunal da Relação


 

Lusa / AO online   Nacional   13 de Jan de 2010, 11:39

 Os dois presumíveis "etarras" detidos sábado em Portugal já estão no interior do Tribunal da Relação de Lisboa, que deverá decidir sobre os pedidos de mandados de detenção europeus, emitidos pelas autoridades espanholas.
Arikoitz García Arrieta e Iratxe Yáñez Ortiz de Barron deverão ser esta quarta-feira ouvidos pelos desembargadores João Carrola e Trigo Mesquita, respectivamente. Apesar de serem ouvidos por juizes diferentes, as audições dos dois suspeitos não serão em simultâneo, porque o advogado é o mesmo.

O presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, o juiz desembargador Vaz das Neves, remeteu para depois das audições declarações aos jornalistas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.