Prestações de invalidez e velhice actualizadas entre 2,1 e 2,9 por cento

Prestações de invalidez e velhice actualizadas entre 2,1 e 2,9 por cento

 

Lusa/AO Onlline   Economia   24 de Dez de 2008, 09:52

As pensões de invalidez e velhice vão ser actualizadas entre 2,1 e 2,9 por cento em 2009, segundo diploma publicado hoje em Diário da República, que fixa em 419,22 euros o valor referência dos apoios sociais.
    A portaria conjunta dos ministérios das Finanças e do Trabalho e Solidariedade Social estabelece para o regime geral um aumento de 2,90 por cento para as pensões de montante igual ou inferior a 628,83 euros, sendo que o valor do aumento não poderá ser inferior a 6,85 euros.

    As reformas superiores a 628,83 euros e inferiores ou iguais a 2 515,32 euros serão actualizadas em 2,40 por cento com um aumento mínimo garantido de 18,24 euros.

    O valor de actualização das pensões maiores que 2 515,32 euros será de 2,15 por cento, não devendo o aumento ser menor que 60,37 euros.

    As pensões superiores a 5 030,64 euros (12 vezes o valor do Indexante dos Apoios Sociais) não serão actualizadas.

    As actualizações aplicam-se às pensões atribuídas anteriormente a 1 de Janeiro de 2008.

    O valor mínimo de pensão varia entre os 243,32 euros para reformados com menos de 15 anos de contribuições e os 374,36 euros para os pensionistas com 31 ou mais anos de contribuições.

    A portaria fixa ainda em 419,22 euros o valor do Indexante dos Apoios Sociais (IAS), que serve de referência para o valor mínimo das pensões e de outras prestações sociais.

    O montante da pensão social para os regimes não contributivos será a partir de 01 de Janeiro de 187,18 euros.

    O valor da pensão agrícola é fixado em 224,62 euros.

    A inflação prevista pelo Governo para 2009 é de 2,5 por cento.

    Os aumentos entram em vigor a partir de 01 de Janeiro.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.