Presidente executivo da Sony encaixa milhões


 

Lusa/AO online   Economia   18 de Jun de 2010, 17:41

O presidente executivo da Sony, Howard Stringer, recebeu cerca de 800 milhões de ienes (7,1 milhões de euros) em pagamentos anuais, apesar da empresa registar perdas anuais consecutivas, segundo um porta-voz do gigante japonês da electrónica
Cerca de metade do pagamento de Stringer foi em opções de compra de acções da companhia, disse a porta-voz, Mami Imada, citada pelas agências de informação internacionais.

A Sony tornou público o pagamento anual do presidente executivo num encontro de accionistas, sendo a primeira das grandes companhias japonesas a tornar público os pacotes de compensação dos altos quadros, depois de nova lei no país que obriga à divulgação dos valores pagos aos cargos de chefia.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.