Presidente do município açoriano de Velas teme que dívida inviabilize obras

Presidente do município açoriano de Velas teme que dívida inviabilize obras

 

Ao Lusa   Regional   20 de Out de 2013, 18:27

O novo presidente da Câmara Municipal das Velas, nos Açores, Luís Silveira, eleito pelo CDS/PP, teme que as dívidas do município, que agora vai gerir, inviabilizem a realização de obras no futuro.

 

O autarca açoriano, um dos cinco do país eleitos pelas listas do CDS, lembrou hoje, durante a cerimónia de tomada de posse, que a autarquia tem uma “dívida direta e indireta”, que ronda os 12 milhões de euros.

“Essa dívida, em certa medida, coloca em causa a possibilidade de realizar investimentos tão necessários e importantes, que possibilitem a criação de postos de trabalho e a sustentabilidade da nossa economia local”, sublinhou Luís Silveira.

O novo presidente de Câmara, que já foi presidente da Junta de Freguesia dos Rosais, na ilha de São Jorge, e deputado à Assembleia Legislativa dos Açores, teme, porém, que a dívida do município velense possa ainda aumentar mais, devido aos processos judiciais em que está envolvido.

Por essa razão, Luís Silveira alerta para o “momento difícil” que o concelho terá pela frente neste mandato autárquico, que, em seu entender, só poderá ser ultrapassado com “realismo”, “rigor” e “imaginação”.

O líder nacional do CDS/PP, Paulo Portas, fez questão de se deslocar aos Açores, para acompanhar a tomada de posse de Luís Silveira, que considerou ser um “momento feliz” para o partido, mas também um momento de “responsabilidade”.

“Como sabem, [Luís Silveira] herda um problema sério, chamado dívida, é por isso que eu defendo uma política de contas certas, porque as dívidas de hoje transformam-se em impostos de amanhã”, alertou Paulo Portas.

Além de Paulo Portas, na cerimónia de tomada de posse do novo presidente da Câmara das Velas, estiveram dirigentes nacionais e regionais do CDS/PP, e o líder do PPM nos Açores, Paulo Estêvão, que marcou presença como "amigo” de Luís Silveira.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.