Portugal oferece equipamentos para apoiar alunos com deficiência

Portugal oferece equipamentos para apoiar alunos com deficiência

 

Lusa/AO Online   Internacional   29 de Dez de 2008, 14:20

O Ministério da Educação de Portugal deu hoje a Cabo Verde um conjunto de equipamentos para apoiar alunos com necessidades educativas especiais.
 Uma sala de recurso, inaugurada hoje pelo Secretário de Estado da Educação português, Valter Lemos, vai permitir o atendimento de alunos portadores de deficiências, com o desenvolvimento de estratégias de aprendizagem para que as crianças com necessidades especiais possam estar integradas no sistema de ensino regular.

    Além de equipamentos como computadores, impressoras e máquinas para o braile, o apoio passa também por uma equipa multidisciplinar constituída por pedagogos, psicólogos e professores que irão acompanhar os alunos.

    O donativo enquadra-se no âmbito de um protocolo assinado entre os dois ministérios no ano passado e que prevê o apoio de Portugal a uma educação inclusiva em Cabo Verde.

    Neste sentido, teve início hoje uma formação destinada aos professores sobre educação especial, ministrada por técnicos da Direcção-geral de Inovação e Desenvolvimento Curricular de Portugal.

    No acto de abertura do curso, o Secretário de Estado da Educação de Cabo Verde, Octávio Tavares, afirmou que o seu ministério tem estado empenhado na reforma da educação, que inclui uma política nacional de educação inclusiva, através de reformas nas escolas para a acessibilidade dos deficientes motores e formação de pessoal para atender os alunos.

    “Estamos a preparar-nos para o atendimento de casos especializados como é o exemplo de cidadãos portadores de deficiência e isso demonstra a evolução e o percurso no sector da educação. Este acto é o resultado de toda uma política do país na área da educação, que tem dado resultados positivos que nos permitem almejar novos objectivos”, explicou.

    Também Valter Lemos destacou os avanços conseguidos em Cabo Verde no sector educativo e reafirmou o empenho de Portugal em apoiar o arquipélago na democratização do sistema de ensino.

    “Todo o esforço e trabalho realizado em Cabo Verde merece do nosso lado admiração porque temos a consciência que tem vindo a ser realizado um trabalho de educação que é exemplo em muitos países, já que o bom trabalho permite caminhar para um país com uma escola democrática, onde todos tenham acesso à educação”, afirmou.

    Durante a sua estada em Cabo Verde, Valter Lemos entregou também uma biblioteca completamente equipada à escola do concelho de São Miguel, na ilha de Santiago.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.