Tecnologia

Portugal no mapa para novos centros da Cisco


 

Lusa/AO online   Economia   19 de Set de 2011, 19:00

O director-geral da Cisco Portugal adiantou que o país poderá acolher novos centros de suporte e vendas da multinacional e garantiu que a operação portuguesa será "pouco afectada" com o corte de postos de trabalho da casa-mãe.
"Temos perspectivas de abrir novos centros de suporte e vendas, Portugal está sempre no mapa. os centros da Cisco em Lisboa têm vindo a subir na hierarquia", disse o director-geral da Cisco Portugal, Carlos Brazão.

O responsável garantiu que, a haver cortes nos postos de trabalho na operação portuguesa, "serão mínimos", explicando que a maior parte das reduções de efectivos da Cisco internacional se faz pela saída do grupo de uma série de fábricas e um programa de pré-reforma voluntária em países onde a multinacional tem mais efectivos e a legislação laboral o permite, como os Estados Unidos.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.