Portugal e Itália empatam a zero em Gondomar

Portugal e Itália empatam a zero em Gondomar

 

Lusa/AO   Outras modalidades   16 de Nov de 2007, 19:21

Portugal estreou-se, hoje, no campeonato da Europa de futsal com um empate 0-0 frente à Itália, no jogo de abertura do grupo A, no Pavilhão Multiusos de Gondomar
Portugal iniciou, hoje, o campeonato da Europa de futsal com um nulo (0-0) frente à poderosa Itália, num desafio do Grupo A, disputado em Gondomar, no qual mostrou qualidade e ambição para lutar por um título inédito.
Os pupilos de Orlando Duarte, que sonha com a final, deram resposta positiva ao exigente teste - os transalpinos, recheados de brasileiros, foram campeões em 2003 e "bronze" em 1999 e 2005 - e deixaram o apuramento em aberto, numa "poule" que inclui a República Checa e a Roménia.
Com Michel Platini (presidente da UEFA) e Gilberto Madaíl (presidente da Federação Portuguesa de Futebol) nas bancadas, o jogo foi emotivo, mas faltou-lhe os golos para dar um justo brilho à festa presenciada por cerca de 3.500 espectadores.
Portugal esteve melhor no primeiro tempo: Leitão (oito minutos), isolado, desequilibrou-se no remate e o guarda-redes defendeu, lançando um contra-ataque, que só não deu em golo porque Jocimar Jubanski chegou atrasado à emenda.
Mais irreverentes, os lusos estavam bem estruturados na defesa e conseguiam alguns desequilíbrios na zona ofensiva, destacando-se uma perdida de Gonçalo Alves (18), que, liberto na zona de golo, permitiu o desvio do guarda-redes, com a bola ainda a bater no poste direito.
Na segunda parte, o cariz da partida mudou, com os experientes transalpinos a surgir mais consistentes e pressionantes: foram implacáveis na defesa e jogaram quase sempre no campo luso, ameaçando muitas vezes.
Contra a corrente, a equipa nacional podia ter surpreendido em livre estudado finalizado por Gonçalo Alves (35), o melhor em campo, salvo em cima da linha: logo a seguir, Eduardo Morgado e Bertoni também falharam o que podia ter sido o triunfo transalpino.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.