Açoriano Oriental
Covid-19
Portugal com recorde diário de 2.072 casos de infeção

Portugal tem esta quarta-feira 2.072 novos casos de infeção com o novo coronavirus, o valor diário mais elevado desde o início da pandemia de covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).



Portugal com recorde diário de 2.072 casos de infeção

Autor: Lusa/AO Online

Os valores mais altos desde o início da pandemia tinham sido atingidos em 10 de abril, com a notificação de 1.516 novas infeções, número que foi superado em 10 de outubro, quando se atingiram 1.646 casos.

Hoje os dados da DGS dão conta da notificação de 2.072 novos casos nas últimas 24 horas, número recorde, e do registo de sete mortos, assim como de um continuo aumento do número de internamentos, que passaram para 957 (mais 41) e 135 em cuidados intensivos (mais três).

Desde o início da pandemia, Portugal já registou 2.117 mortes e 91.193 casos de infeção, estando ativos 34.583 casos, mais 1.619 do que na terça-feira.

A DGS indica que das sete mortes registadas, quatro ocorreram em Lisboa e Vale do Tejo e três na região Norte.

As autoridades de saúde têm em vigilância 50.544 contactos, mais 253 em relação a terça-feira.

Nas últimas 24 horas, 446 doentes recuperaram, totalizando 54.493 desde o início da pandemia.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificados mais 802 novos casos de infeção, contabilizando 44.788 casos e 850 mortes.

A região Norte regista hoje mais 1001 novos casos de covid-19, somando 34. 661 casos e 932 mortos desde o início da pandemia.

Na região Centro, registaram-se mais 172 casos, contabilizando 7.348 infeções e 273 mortos.

No Alentejo foram registados mais 47 novos casos de covid-19, totalizando 1.724, com um total de 26 mortos desde o início da pandemia.

A região do Algarve tem hoje notificados mais 42 novos casos de infeção, somando 2.067 casos e 21 mortos.



 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.