Consumo

Poder de compra aumentou 2% em 2009


 

Lusa/AO online   Economia   15 de Dez de 2010, 10:23

O Produto Interno Bruto (PIB) por habitante expresso em Paridades de Poder de Compra (PPC) aumentou dois pontos percentuais em 2009 face ao ano anterior, atingindo o valor mais alto desde 2004, segundo dados esta quarta-feira apresentados pelo INE.
Em 2009, o PIB por habitante expresso em PPC situou-se em 80 por cento da média europeia, dois pontos percentuais acima dos 78 por cento registados em 2008 e em 2007, de acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), que têm por base informação do Eurostat.

O PIB por habitante expresso em PPC situou-se nos 76 por cento da média da União Europeia (UE) em 2006, nos 77 por cento em 2005 e em 75 por cento em 2004.

O indicador de PPC é calculado anualmente pelo Eurostat para avaliar o poder de compra dos países da UE, com o objectivo de estabelecer comparações sobre a riqueza "real" dos 37 países analisados.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.