Ambiente

Plano de Sensibilização e Educação Ambiental estabelece estratégia de "médio prazo"

Plano de Sensibilização e Educação Ambiental estabelece estratégia de "médio prazo"

 

Lusa/AO online   Regional   30 de Set de 2011, 18:00

O Plano Regional de Sensibilização e Educação Ambiental dos Açores (PRESAA), apresentado na Horta, estabelece "uma estratégia de médio prazo" para o envolvimento conjunto das áreas educativa e ambiental, afirmou o secretário regional do Ambiente.
Álamo Meneses disse que o PRESAA, que será desenvolvido até 2024, "inclui linhas destinadas a públicos-alvos", como é o caso da população escolar, os jovens e os mais idosos, contendo ainda programas "específicos para determinadas temáticas", nomeadamente a conservação da natureza e a relação entre os resíduos e a população".

"É um programa que tenta envolver todas as áreas, tendo como nucleares a educação e o ambiente", frisou o secretário regional do Ambiente, que destacou estes vectores prioritários para a implementação de "um modelo de desenvolvimento sustentável".

Este objectivo, segundo Álamo Meneses, será concretizado através de "uma interacção e parceria" envolvendo a rede regional de ecotecas, escolas, organizações não governamentais para o ambiente, associações e freguesias, dinamizando actividades de sensibilização e acção ambiental.

"O plano foi pensado para 12 anos, precisamente um ciclo de educação escolar, e o objectivo é ir aperfeiçoando a sua execução", afirmou.

O PRESAA “pretende ter um papel de concertação, coordenação de esforços e orientador”, constituindo-se como “uma ferramenta de trabalho para alunos, professores, organizações não governamentais, associações, empresas e sociedade civil nas temáticas ambientais”.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.