Crime

PJ detém homem suspeito de dez crimes de sequestro


 

Lusa / AO online   Nacional   24 de Nov de 2009, 15:43

A Polícia Judiciária, através da Directoria do Norte, identificou e deteve um homem como presumível autor de, pelo menos, dez crimes de sequestro e roubo perpetrados com utilização de armas brancas e de fogo, disse hoje fonte policial.
A fonte adiantou que os crimes ocorreram entre Junho e Setembro, nas zonas de Paredes, Vila Nova de Gaia e Matosinhos.

Segundo a PJ, o detido, com 33 anos, marceneiro, "vinha realizando a sua actividade criminosa conjuntamente com mais dois outros indivíduos, anteriormente detidos e entretanto sujeitos às medidas de coacção de prisão preventiva e apresentações diárias".

"Tal conduta criminosa ocorria sobretudo em locais habitualmente procurados para encontros de natureza sexual, onde, após conquistarem a confiança das vítimas, acabavam por se introduzir nas suas viaturas, sequestrando-as e roubando-as", refere a Polícia.

O detido, já com antecedentes criminais por actos da mesma natureza e que se encontrava na situação de liberdade condicional, será presente ao Tribunal para primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coacção eventualmente tidas por adequadas pelo juiz de instrução.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.