Pelo menos 169 mortos em vários deslizamentos de terra nas Filipinas


 

Lusa / AO online   Internacional   9 de Out de 2009, 12:06

Pelo menos 168 pessoas morreram numa série de deslizamentos de terra provocados pelas chuvas torrenciais nas regiões montanhosas do norte das Filipinas, anunciaram esta sexta-feira  responsáveis locais.
Um balanço precedente indicava que 91 pessoas teriam morrido nos deslizamentos de terreno nas províncias do norte da grande ilha de Luzon, onde a passagem do tufão Parma continua a provocar chuvas torrenciais.

Só na província de Benguet, 120 pessoas morreram devido aos aluimentos de terra registados hoje e na quinta-feira em cinco localidades, indicou o governador Nestor Fongwan.

O norte das Filipinas está a ser afectado há duas semanas por inundações depois da passagem da tempestade Ketsana, que provocou as maiores inundações dos últimos quarenta anos na capital, Manila, e arredores.

O último balanço da passagem do Ketsana, anunciado hoje, indica que o número de mortos subiu de 298 para 337 e que 37 pessoas continuam dadas como desaparecidas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.