Parquímetros na Praia da Vitória pagos por telemóvel ou computador

Parquímetros na Praia da Vitória pagos por telemóvel ou computador

 

Lusa / AO online   Regional   13 de Nov de 2012, 15:24

Os utentes das zonas de estacionamento pago na cidade da Praia da Vitória, na ilha Terceira, Açores, vão poder pagar os parquímetros por telemóvel ou computador, até ao final deste ano, segundo informou hoje a autarquia.

 

"Com este sistema, os condutores podem registar-se online, escolher a duração e local de estacionamento e passar a receber o crédito e a fatura do estacionamento por e-mail, assim como os dados para pagamento, não necessitando, por isso, de retirar talão nas máquinas de parquímetro", acrescenta uma nota de imprensa da Câmara Municipal da Praia da Vitória.

Em declarações à Lusa, o vereador da autarquia Paulo Messias considerou que esta nova funcionalidade traz vantagens para o utente, salientando como exemplo o caso de alguém que demora mais tempo do que o previsto num determinado local, que passa a poder revalidar o parquímetro, sem ter de se deslocar à zona onde deixou a viatura.

Paulo Messias frisou ainda que se o utente não demorar o tempo inicialmente previsto, pode recuperar o montante dos minutos não utilizados, que regressam à conta criada na página de internet da concessionária, para uma futura utilização.

O vereador da Praia da Vitória acredita, por isso, que a medida vai contar com a adesão dos utentes, realçando que "toda a cidade tem parquímetros, no sentido de proteger os moradores".

Esta funcionalidade está disponível para telemóveis ‘inteligentes’ (iPhone, Blackberry, Android) e para computadores de bolso, como o iPad, através do acesso à plataforma "iParque.pt", gerida pela concessionária dos parquímetros da Praia da Vitória, Datarede, que é depois consultada pelos funcionários que fiscalizam as zonas de estacionamento.

O pagamento de parquímetros por telemóvel e computador já havia sido aplicado pela mesma concessionária na cidade de Ponta Delgada, em S. Miguel, sendo esta tecnologia inédita em Portugal.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.