Açoriano Oriental
Papa Francisco pede solução para conflitos no Médio Oriente
O papa Francisco pediu mais "convergência internacional" sobre a situação no Médio Oriente, para que seja possível encontrar uma solução para "os conflitos que sangram" na região.
article.title

Foto: EPA/CLAUDIO PERI
Autor: Lusa/AO online

 

Numa mensagem de vídeo enviada aos cristãos refugiados em Erbil, no Norte do Iraque, na sequência da perseguição levada a cabo pelo grupo fundamentalista Estado Islâmico, o papa apelou à comunidade internacional que procure uma solução que permita aos refugiados cristãos “ficarem ou regressarem” às suas terras.

No Curdistão iraquiano, a mensagem de Francisco, divulgada pelo Vaticano, foi transmitida pelo cardeal francês Philippe Barbarin, durante uma visita aos cristãos de Mossul refugiados em Erbil.

“Como líderes religiosos, temos a obrigação de denunciar todas as violações da dignidade e dos direitos humanos”, disse o mais alto representante da Igreja Católica.

Classificando o Estado Islâmico como “um grupo extremista e fundamentalista”, o papa criticou toda a violência étnica e religiosa, que tem por objetivo “não deixar qualquer rasto, qualquer memória, do outro”.

Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.