Açoriano Oriental
Paços de Ferreira vai protestar jogo frente ao Santa Clara

O Paços de Ferreira informou este domingo que irá protestar o jogo de futebol frente ao Santa Clara, em que foi derrotado por 2-1, em virtude da remarcação do encontro e das condições do relvado do estádio de São Miguel.

article.title

Foto: EDUARDO COSTA/LUSA
Autor: AO Online/ Lusa

"O Paços de Ferreira vai formalizar o protesto do jogo, com base nas incidências que ontem [no sábado] ocorreram. Vai formalizar já hoje junto do delegado [da Liga Portuguesa de Futebol Profissional] e posteriormente vai dar sequência ao processo", informou o responsável pela comunicação do clube, após a conferência de imprensa de Pepa.

No final do jogo, Pepa afirmou que foi "praticamente impossível jogar" no estádio de São Miguel, descrevendo o episódio como "má vontade ou muita incompetência".

"Sei que tenho ali um grande grupo de homens que se fosse preciso jogar amanhã, jogava. Mas não é fácil o que aconteceu aqui. Não sei se foi má vontade ou muita incompetência para aquilo que aconteceu ontem", destacou.

O jogo da 19.ª jornada estava marcado para sábado às 19:30 locais (mais uma hora em Portugal continental), tendo sido inicialmente adiado 30 minutos devido à falta de visibilidade das linhas de jogo, uma situação, alegadamente potenciada pela intensa chuva que se tem feito sentir em Ponta Delgada.

A partida foi adiada novamente por uma 01:30, tempo que serviu para a remarcação das linhas do terreno.

Contudo, perto das 21:30 locais foi anunciado o cancelamento do jogo e a sua remarcação para hoje, domingo, às 16:30.

No jogo, o Santa Clara bateu o Paços de Ferreira por 2-1, com dois golos de Schettine, tendo o golo dos ‘castores' chegado nos descontos por Baixinho.



Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.