Oposição reage a programa para a Educação


 

Lusa/AO online   Regional   21 de Nov de 2012, 14:23

O discurso de Luiz Fagundes Duarte foi considerado "promissor" por parte da deputada Zuraida Soares, do Bloco de Esquerda, durante o debate parlamentar que se seguiu, mas, mesmo assim, mereceu críticas da oposição.

A deputada bloquista, diz não compreender, por exemplo, por que razão o executivo socialista não altera a periodicidade dos concursos de professores, que entende estar na origem de situações de "precariedade" na classe docente.


Costa Pereira, deputado do PSD, levantou dúvidas sobre a capacidade do novo secretário regional de aplicar algumas das medidas que anunciou, nomeadamente, a introdução de novas disciplinas como o latim e o grego, "simplesmente porque as escolas não têm professores para os lecionar".


Também Aníbal Pires, do PCP, entende que o Governo devia rever o Estatuto do Aluno, por entender que algumas das disposições contidas no documento são "inconstitucionais", situação que Luiz Fagundes Duarte prometeu avaliar e alterar, "se tal se justificar".



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.