Obama comprometeu-se a adoptar "medidas fortes"

Obama comprometeu-se a adoptar "medidas fortes"

 

Lusa/AO Online   Internacional   15 de Nov de 2009, 09:55

O presidente norte-americano Barack Obama comprometeu-se hoje a tomar “medidas fortes” para reduzir o défice público norte-americano, no último dia do Fórum económico dos países da Ásia-Pacífico (Apec), em Singapura.

“Enquanto a economia recupera, tenho a intenção de adoptar medidas fortes para reduzir o défice dos Estados Unidos a longo prazo porque o crescimento pela dívida é incompatível com uma prosperidade duradoura”, declarou Obama.

Os Estados Unidos acusaram um défice orçamental recorde em 2008-2009, de 1.417 mil milhões de dólares, ou seja cerca de 10% do PIB norte-americano, para o conjunto do exercício fechado no fim de Setembro.

O défice nunca tinha sido tão pesado sobre o produto interno bruto desde 1945.

O presidente norte-americano apelou igualmente aos países asiáticos para participarem “no reequilíbrio da economia mundial” e para reformarem o seu modelo económico, essencialmente orientado para as exportações.

“Não podemos prosseguir as mesmas políticas que conduziram a um crescimento desequilibrado. Se o fizermos, continuaremos a ir de crise em crise”, acrescentou.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.