Cinema

"O fosso" é o filme surpresa do festival de Veneza


 

Lusa/AO online   Nacional   2 de Set de 2010, 12:17

O filme "O fosso", do realizador chinês Wang Bing, produzido pelo português Francisco Villa-Lobos, é o filme surpresa do festival de cinema de Veneza, a decorrer em Itália, e que integra a competição pelo Leão de Ouro.
A organização da bienal de cinema anunciou na quarta-feira, na abertura, que "O fosso" seria o filme surpresa a acrescentar à lista das produções seleccionadas para a secção competitiva.

Com exibição marcada para os dias 06 e 07, o filme é produzido por Villa-Lobos (produtor sedeado em França) em parceria com uma produtora de Hong Kong e outra da Bélgica e foi rodado integralmente na China, contou o produtor hoje à agência Lusa.

Francisco Villa-Lobos referiu que conheceu Wang Bing há sete anos em Turim e ficou a par da ideia do filme que o realizador chinês queria fazer. O projecto só seria retomado em 2007 e foi terminado há pouco tempo. Deve estrear comercialmente no próximo ano, em data ainda por anunciar.

"O fosso" é uma ficção que se baseia em factos reais sobre os campos de trabalhos forçados que o governo chinês criou nos anos 1950 e 1960 e para os quais enviou milhares de cidadãos que discordavam ou criticavam o Partido Comunista, sendo considerados "dissidentes de Direita".

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.