Endividamento

Número de processos na DECO subiu 63% até Agosto


 

Lusa / AO online   Economia   8 de Out de 2007, 18:32

O número de famílias que recorrem ao Gabinete de Apoio ao Sobreendividamento da DECO subiu 63 por cento nos primeiros oito meses do ano, face a igual período de 2006, afirmou à agência Lusa fonte da associação de defesa dos consumidores.
    Desde Janeiro a Agosto de 2007 chegaram à DECO 861 processos novos de endividamento, contra 527 registados em igual período do ano passado.

    O gabinete, que tem por objectivo prestar apoio aos consumidores excessivamente endividados, tem revelado desde a sua criação, em 2000, até agora um crescimento cada vez maior de casos, refere a DECO.

    No final do ano passado, o número total de processos ascendia a 905.

    O desemprego é uma das causas mais apontadas como motivo para as situações de incumprimento do pagamento de dívidas, nas situações de sobreendividamento.

    As situações de doença, baixa médica e o divórcio são também apontados como causas.

    Cerca de 80 por cento dos casos seguidos pela DECO conseguem ter uma resolução com sucesso em que o crédito é reestruturado à medida das possibilidades de pagamento do consumidor, afirma a associação.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.