Nova sede da Atlânticoline será na Horta


 

Lusa/AO online   Regional   26 de Fev de 2014, 14:06

O secretário regional dos Transportes dos Açores disse que a fusão das duas empresas de transporte marítimo de passageiros na região não provocará despedimentos e que a nova sede da Atlânticoline será na Horta.

 

"Posso anunciar que a futura sede da Atlânticoline ficará na cidade da Horta, e que o processo de fusão entre as duas empresas [Atlanticoline e Transmaçor] não irá provocar despedimentos", disse Vítor Fraga.

O secretário regional dos Transportes garantiu, por outro lado, que a entrada em funcionamento nas ilhas do triângulo (Pico, Faial e S. Jorge) dos barcos "Mestre Simão" e "Gilberto Mariano", prevista para março, não irá provocar nenhum aumento nos preços das tarifas.

Os dois barcos, construídos em Espanha, têm 40 metros de comprimento, chegaram aos Açores no final do ano passado, e vão poder transportar viaturas e carga rodada, além de passageiros.

Em resposta às críticas sobre a eventual "concorrência" dos novos barcos com os operadores privados de transporte de mercadorias, Vitor Fraga disse que o que pode existir é uma "complementaridade" entre ambos e não uma "concorrência", uma vez que se trata de serviços diferentes.

Ainda em resposta a questões dos jornalistas, o secretário regional reiterou que os dois novos navios para o transporte de passageiros e viaturas entre todos os grupos de ilhas do arquipélago, cujo concurso de construção foi lançado na semana passada, irão operar durante todo o ano, e não apenas no verão.

Sem querer adiantar muitos pormenores sobre a operação dos dois novos navios, que terão 115 metros de comprimento e capacidade para transportar 650 passageiros e 150 viaturas cada, Vitor Fraga disse apenas que o "vão operar no ano inteiro".

O governante explicou que estes novos navios permitirão "melhorar e aumentar as condições de mobilidade, contribuindo para o desenvolvimento de um verdadeiro mercado interno" entre as ilhas da região.

Os dois navios que atualmente fazem esta operação de transporte de passageiros e viaturas entre todas as ilhas são alugados ao operador grego "Hellenic Seaways", mas só viajam durante o verão.

Vitor Fraga falava durante a apresentação, na cidade da Horta, do Plano Integrado de Transportes, que pretende coordenar os meios aéreos, marítimos e terrestres existentes no arquipélago.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.