Açoriano Oriental
Mundial de Fórmula 1 arranca no Bahrain em calendário revisto sem Portugal

A organização do Mundial de Fórmula 1 apresentou um calendário revisto para 2021, adiando em uma semana o arranque, no Bahrain, sem qualquer indicação de que Portugal possa acolher uma das 23 provas previstas.

Mundial de Fórmula 1 arranca no Bahrain em calendário revisto sem Portugal

Autor: Lusa/AO Online

Numa nota publicada no sítio oficial do campeonato, a Liberty Media anunciou o adiamento do arranque da competição para 28 de março, em Sakhir, no Bahrain, devido às restrições de viagens para a Austrália, que deveria acolher a primeira prova do ano, em 21 de março.

O circuito italiano de Imola volta ao calendário, em 18 de abril – e não a 11 como estava inicialmente previsto –, enquanto a organização assume “negociações com o promotor e a autoridades chinesas, sobre o potencial reagendamento da corrida para mais tarde na temporada”.

A saída do Grande Prémio do Vietname, que já era conhecida, depois da detenção por corrupção do antigo presidente da câmara de Hanoi, abriu uma vaga no calendário, estando prevista uma prova no dia 02 de maio (e já não a 25 de abril), em local ainda a designar.

Em novembro, o Grande Prémio do Brasil, no circuito de Interlagos, em São Paulo, é antecipado uma semana, para dia 07, de forma a acomodar a corrida australiana no dia 21.

O Grande Prémio da Arábia Saudita é adiado em uma semana, para dia 05 de dezembro (ainda sujeita a homologação do circuito de Jeddah), tal como a corrida de encerramento da época, em Abu Dhabi, que passa para 12 de dezembro.

A entrada do Grande Prémio de São Marino, em Imola, está ainda sujeita a aprovação do Conselho Mundial da Federação Internacional do Automóvel (FIA).

Em 2020, a Fórmula 1 regressou a Portugal, após 24 anos e pela primeira vez no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, após as alterações ao calendário motivadas pela pandemia de Covid-19.


PUB
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.