Ministros do Interior analisam combate à ETA e extradição de detidos


 

Lusa / AO online   Internacional   21 de Jan de 2010, 17:45

Os ministros da Administração Interna espanhol e português, Alfredo Pérez Rubalcaba e Rui Pereira, analisaram hoje os esforços para “agilizar” a extradição para Espanha dos dois detidos este mês em Portugal suspeitos de pertencerem à ETA.
“Falaram de agilizar ao máximo a extradição dos dois suspeitos”, disse à agência Lusa fonte do gabinete de Alfredo Pérez Rubalcaba, explicando que não se referiu qualquer calendário para esse processo.

“Há que respeitar os procedimentos do sistema judicial português”, explicou a fonte.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.