Milhares esperam por resgate das cheias na Índia que já mataram mais de 300

Milhares esperam por resgate das cheias na Índia que já mataram mais de 300

 

Lusa/Ao online   Internacional   18 de Ago de 2018, 12:08

Milhares de pessoas aguardam o resgate das cheias que atingem o estado de Kerala, na Índia, onde já se registaram mais de 300 mortos, revelaram este sábado as autoridades locais.

As chuvas fortes voltaram a atingir esta manhã diversas zonas do estado de Kerala, dificultando a implementação de equipas de resgate nas áreas mais isoladas.

De acordo com as autoridades, citadas pela agência EFE, mais de 300 mil pessoas estão abrigadas em 1.500 campos de resgate estatais.

“Continuamos a receber vários pedidos de resgate”, disse o ministro-chefe de Kerala, Pinarayi Vijayan, através de uma publicação na rede social Twitter.

Por sua vez, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, já prometeu que vão disponibilizados 70 milhões de dólares (cerca de 61 milhões de euros) para ajudar a colmatar as consequências das cheias.

As chuvas intensas que atingem Kerala desde 08 de agosto provocaram deslizamentos de terra e o colapso de pontes e estradas.

O Estado de Kerala, procurado pelos turistas devido às praias rodeadas de palmeiras e às plantações de chá, é afetado anualmente por fortes chuvas na época das monções, mas este ano a precipitação está a ser particularmente forte.

Mais de um milhão de turistas visitaram o Estado em 2017, segundo estatísticas oficiais.



Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.