Mergulhadores encontram restos mortais durante buscas no Costa Concordia

Mergulhadores encontram restos mortais durante buscas no Costa Concordia

 

Lusa/AO online   Internacional   26 de Set de 2013, 16:19

Mergulhadores italianos encontraram esta quinta-feira restos humanos durante as buscas que estão a efetuar ao Costa Concordia, o navio que naufragou no ano passado causando 32 mortes, segundo as autoridades.

"Durante uma busca na água perto da parte central do navio, mergulhadores da Guarda Costeira e da polícia encontraram restos que ainda têm de ser identificados com ADN", explicou a agência de proteção civil em comunicado.

Franco Gabrielli, responsável da agência, disse ao canal de notícias SkyTG24 ter a certeza de que os restos encontrados (durante as buscas por dois corpos ainda desaparecidos) eram humanos.

A agência de notícias italiana ANSA disse que os restos mortais que tinham sido encontrados eram ossos e que é necessária autorização especial da procuradoria para os trazer à superfície.

Trinta corpos foram recuperados dos destroços depois do acidente de 13 de janeiro do ano passado mas dois, o passageiro italiano Maria Grazia Trecarichi e o empregado de mesa indiano Russel Rebello - ainda estão oficialmente desaparecidos.

A busca pelos corpos começou no início desta semana depois do navio ter sido erguido da água e colocado na vertical, na semana passada, no que é a maior operação de resgate de sua espécie.

O capitão do navio, Francesco Schettino, está a ser julgado por homicídio múltiplo, por abandono do navio antes de todos os passageiros terem sido evacuados e por danos ambientais.

O Costa Concordia chocou contra um grupo de rochas ao largo da pequena ilha de Giglio, com 4.229 pessoas de 70 países a bordo.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.