Austrália

Meninas siamesas abandonam cuidados intensivos


 

Lusa / AO online   Internacional   23 de Nov de 2009, 16:28

Duas gémeas siamesas do Bangladesh, Trishna e Krishna, de três anos, unidas à nascença pelas cabeças e submetidas na Austrália a cirurgias para serem separadas, abandonaram esta segunda-feira os cuidados intensivos, segundo o hospital.
De acordo com o hospital, as duas meninas estão a reagir bem às cirurgias.

Trishna and Krishna, que completaram três anos em Outubro, estavam unidas pelo crânio, parte do tecido cerebral e do sistema circulatório.

As duas meninas foram separadas terça-feira, numa delicada cirurgia que demorou 25 horas, no hospital pediátrico de Melbourne. Seguidamente foram submetidas a nova cirurgia, reconstrutiva, de seis horas.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.