Mariano Rajoy entra hoje na reta final para assumir chefia do Governo


 

Lusa/AO Online   Internacional   19 de Dez de 2011, 07:29

Após duas derrotas eleitorais e sete anos na oposição, Mariano Rajoy inicia hoje, com o arranque do debate de investidura, a caminhada final para o Palácio da Moncloa e a presidência do Governo espanhol, conquistada nas eleições de novembro.

O debate de investidura, que começa hoje e termina na terça-feira, é o último passo antes de Mariano Rajoy tomar posse, na quarta-feira, como chefe do Governo, sucedendo a José Luis Rodríguez Zapatero, socialista, que governou desde 2004.

Mariano Rajoy, que foi proposto pelo rei Juan Carlos - e que conta com o apoio de uma ampla maioria absoluta histórica do PP - deverá intervir na manhã de hoje.

Quando ainda se desconhecem quem serão os membros do Governo de Rajoy, o futuro presidente deverá detalhar já hoje algumas das medidas prioritárias do seu Governo, que tem como uma das ações urgentes a aprovação do Orçamento de Estado para 2012.

Depois, durante a tarde e na terça-feira intervêm os representantes dos partidos com assento parlamentar, num processo que termina com a votação da investidura de Rajoy.

Rajoy disse na semana passada, depois do encontro com Juan Carlos, que o combate à crise é a sua máxima prioridade, perante uma situação "dura" que exigirá medidas difíceis mas que os espanhóis entenderão.

O objetivo "capital" do futuro Executivo será o crescimento económico e a criação de emprego, numa agenda que inclui o cumprimento das metas do défice.

As reformas necessárias, a par desse esforço orçamental, para fomentar o crescimento económico, merecerão atenção imediata do Governo que quer ainda fomentar o crédito para a económica, a reestruturação do sistema financeiro e medidas para tranquilizar os mercados.

Sobre política externa, Rajoy quer que Espanha tenha um papel mais ativo da UE, dando "máxima prioridade" às relações com a ibero-américa e os países do Magreb.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.