Açoriano Oriental
Manifestantes disponíveis para "dormir" no Ministério da Economia
Os manifestantes que se deslocaram esta terça-feira ao Ministério da Economia, em Lisboa, garantem que só vão desmobilizar quando forem recebidos pelo ministro da tutela e dizem "ter disponibilidade para dormir" no local.
Manifestantes disponíveis para "dormir" no Ministério da Economia

Autor: Lusa/AO online

 

Vitor Pereira, da FECTRANS - Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações, em declarações à Lusa a partir da sala de espera do ministério, através de uma janela, confirmou que uma delegação de manifestantes foi recebida por dois assessores da tutela, que lhes transmitiram a disponibilidade para agendar uma reunião.

“Mas já conhecemos esta situação de outro filme. Queremos que o ministro se desloque até aqui, porque são matérias que têm de ser faladas olhos nos olhos”, disse o sindicalista.

Vítor Pereira garantiu que os manifestantes vão permanecer no local e “têm disponibilidade para dormir” no ministério.

O dirigente afirmou ainda que, neste momento, o setor dos transportes e das comunicações já não confiam em ninguém e estão “cheios de promessas”.

Fonte oficial do Ministério da Economia disse esta tarde à Lusa que os sindicalistas tinham sido recebidos por uma pessoa do gabinete do ministro da Economia, Pires de Lima, e outra do gabinete do secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro.

"Foi-lhes transmitido que o senhor ministro tinha todo o gosto em recebê-los, mediante a solicitação de uma audiência e o envio de uma agenda concreta de trabalhos", afirmou a fonte oficial do ministério.

A mesma fonte recordou ainda que no dia 15 de novembro foram recebidos os 17 sindicatos afetos à FECTRANS - Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações.

Ao início da tarde, grupos de sindicalistas da CGTP ocuparam os ministérios da Economia, da Saúde, do Ambiente e das Finanças, exigindo reuniões com os ministros responsáveis por cada uma das áreas para com eles discutir os cortes previstos no Orçamento do Estado para 2014.

PUB
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.