Eleições Legislativas 2019

Mandato de Costa “resume-se ao que não fez”

Mandato de Costa “resume-se ao que não fez”

 

Paulo Faustino   Regional   24 de Set de 2019, 12:03

O candidato do PSD/Açores à Assembleia da República criticou o primeiro-ministro e candidato do PS às legislativas nacionais, António Costa, por ter vindo visitar os Açores e a ilha Terceira “sem prestar contas do que não fez, porque o seu mandato, juntamente com os seus camaradas açorianos, resume-se ao que não fez”.

António Ventura falava junto ao porto comercial da Praia da Vitória, local que, na sua perspetiva, “António Costa devia ter vindo visitar, uma vez que o Plano de Revitalização Económica da Ilha Terceira (PREIT) previa um investimento de 77 milhões de euros para esta estrutura, onde as grandes obras ainda são aguardadas”.


Citado em nota de imprensa, António Ventura recordou ainda que “a 30 de abril de 2016, foi celebrado um memorando de entendimento entre a Região e a República, em que os dois governos previam candidatar o porto da Praia da Vitória ao Plano Juncker. Mais uma iniciativa que não avançou, e mais uma promessa que não se cumpriu”.


Acrescentou ainda que enquanto deputado na Assembleia da República, questionou a Ministra do Mar, “que durante dois anos disse que ia avançar com investimentos, e nos dois anos seguintes disse que afinal não tinha essa responsabilidade”.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.