Mau Tempo

Mais de mil ocorrências registadas sem feridos, diz Proteção Civil

Mais de mil ocorrências registadas sem feridos, diz Proteção Civil

 

Lusa/Ao online   Nacional   2 de Fev de 2019, 01:18

Mais de mil ocorrências foram registadas em Portugal continental devido ao mau tempo, em especial quedas de árvores e de estruturas e inundações, disse fonte da Autoridade Nacional de proteção Civil (ANPC), explicando que não existem feridos.

“Entre as 12:00 de quarta-feira, dia 30 de janeiro, e as 20:00 de sexta-feira, foram registadas 1.039 ocorrências, em especial quedas de árvores e de estruturas, devido ao vento, inundações e limpezas de vias”, disse à Lusa fonte da ANPC, cerca das 23:45 de sexta-feira.

Segundo a mesma fonte, o litoral Norte e Centro foram as zonas mais afetadas.

“Coimbra foi o distrito com mais ocorrências, seguido de Lisboa, Viseu, Porto e Aveiro. Não existem feridos a registar até ao momento”, acrescentou.

A ANPC refere que é esperada uma melhoria do estado tempo nas próximas horas, apesar de o alerta continuar ativo.

Portugal continental está a ser afetado pelos efeitos da depressão “Helena”, centrada a noroeste do golfo de Biscaia, Espanha.

Esta depressão está a afetar Portugal continental em particular no que respeita ao vento e à agitação marítima na costa ocidental, tendo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera emitido vários avisos meteorológicos.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.