Mais de 60% dos australianos sofre de excesso de peso ou obesidade


 

Lusa/AO online   Internacional   29 de Out de 2012, 08:55

Mais de 60 por cento dos australianos em idade adulta sofre de excesso de peso ou obesidade, uma tendência que se agrava na Austrália, revelam dados oficiais divulgados esta segunda-feira.

De acordo com os dados do Gabinete de Estatísticas australiano, 63,3 por cento da população adulta da Austrália sofre de obesidade, face aos 61,2 por cento e 56,3 por cento registados em 2007/08 e em 1995, respetivamente.

Já a proporção de australianos com idades entre os cinco e os 17 anos que sofrem de obesidade manteve-se estável nos 25,3 por cento em 2011/12.

Os dados revelam, no entanto, que apenas 5,6 por cento dos australianos têm hábitos de alimentação saudáveis.

O estudo abrangeu 50 mil australianos e concluiu também haver cerca de 2,8 milhões de fumadores na Austrália, tendência que tem vindo a diminuir.

Outra das conclusões da pesquisa centrada na saúde é que a artrite é a doença a longo prazo mais comum na Austrália que afeta cerca de três milhões de pessoas.

A Austrália tem cerca de 22 milhões de habitantes, a maioria residente nas grandes cidades da costa sudeste do país.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.