Açoriano Oriental
Covid-19
Mais de 300 mortos e quase 5.000 infetados em Espanha nas últimas 24 horas

A Espanha registou nas últimas 24 horas 324 mortos com o novo coronavírus e um aumento de 4.946 no número de infetados, de acordo com a atualização diária feita pelas autoridades de saúde do país.

article.title

Foto: Nuno Pinto Fernandes/Global Imagens
Autor: AO Online/ Lusa

Segundo os números do Ministério da Saúde espanhol, desde o início do surto, o país teve um total de 24.926 casos da pandemia da covid-19, dos quais 1.326 morreram e 2.125 foram curados.

A região mais atingida pela covid-19 é a de Madrid, com 8.921 infetados e 804 mortos, seguida pela da Catalunha (4.203 e 122), a do País Basco (1.725 e 85) e a da Andaluzia (1.515 e 40).

Na totalidade do país, há 1.612 pessoas em unidades de cuidados intensivos, mais 471 do que na sexta-feira.

A Espanha é o terceiro país com mais casos da covid-19, a seguir à China e à Itália e depois de ter ultrapassado o Irão em número de infetados.

As autoridades sanitárias espanholas já tinham avisado na sexta-feira que "os dias difíceis e duros" estavam a chegar, tendo mesmo alertado sobre a probabilidade que os dados "subestimassem a realidade".

O Governo espanhol decidiu no último sábado, há precisamente uma semana, instaurar o "estado de emergência" e aprovou medidas que incluem a proibição de todos os cidadãos de andarem na rua, a não ser que seja para irem trabalhar, comprar comida ou à farmácia.

Entre as comunidades autónomas que fazem fronteira com Portugal, a da Galiza teve até agora 739 casos e nove mortos, a de Castela e Leão 1.466 e 55, respetivamente, a Estremadura 354 e 12, e a Andaluzia 1.515 e 40.

O novo coronavírus já causou pelo menos 11.401 mortos em todo o mundo e foram detetados mais de 271.660 casos de infeção em 164 países e territórios.

Vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.


Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.