Justiça

Mãe de menina sufocada pelo pai com um cinto diz sentir-se "culpada"


 

Lusa / AO online   Nacional   4 de Fev de 2010, 14:21

A mãe da menina sufocada pelo pai com um cinto de um roupão contou esta quinta-feira ao tribunal de Matosinhos sentir-se “culpada” pela morte da filha e “arrependida” de a ter deixado jantar com o progenitor no dia do crime.
“Sinto-me culpada” e “estou hoje arrependida” de a ter deixado ir com o pai, afirmou, em lágrimas, Rosa Maria Ferreira, durante a segunda sessão do julgamento do seu ex-marido, João Pinto, acusado de homicídio qualificado.

A mãe de Maria João, menina assassinada em Maio de 2009, relatou ao colectivo de juízes como após o divórcio do casal, em Setembro de 2008, o antigo companheiro chegou a agredi-la verbalmente, tentou invadir a casa onde vivia com as filhas e ameaçou fugir com Maria João.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.