Açoriano Oriental
Covid-19
Luta contra pandemia reuniu 5,1 mil milhões mas são precisos mais, diz OMS

A Organização Mundial de Saúde anunciou hoje que o mecanismo de apoio à luta contra a covid-19 já reuniu compromissos que chegam a 5,1 mil milhões de dólares, mas avisa que são precisos mais 4,2 mil milhões este ano.

Luta contra pandemia reuniu 5,1 mil milhões mas são precisos mais, diz OMS

Autor: AO Online/ Lusa

O mecanismo, “ACT Accelerator” na denominação original, é uma aliança global liderada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e parceiros para a produção de forma global e equitativa de diagnósticos, terapêuticas e vacinas. A rede Covax é o pilar destinado a garantir o acesso universal a uma vacina contra a doença.

Num comunicado a OMS disse que já estão comprometidos 5,1 mil milhões de dólares (4,3 mil milhões de euros), após novas contribuições, incluindo o Fórum da Paz, de Paris, cuja segunda edição decorreu esta semana e que juntou chefes de governo e organizações internacionais.

Mas diz também que para que a iniciativa tenha sucesso será necessário um financiamento adicional.

A OMS diz que a Comissão Europeia, França, Espanha, a Coreia do Sul e a Fundação Bill e Melinda Gates prometeram 360 milhões de dólares (304 milhões de euros) para a Covax, o pilar das vacinas do ACT Accelerator.

E diz, a propósito do Fórum de Paris, que Emmanuel Macron, Presidente francês, Erna Solberg, primeira-ministra norueguesa, Ursula von der Leyen, presidente da Comissão Europeia, Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, e Melinda Gates, copresidente da Fundação Bill e Melinda Gates, discutiram a necessidade de uma ação multilateral e o papel do ACT Accelerator “para pôr fim à fase aguda da pandemia o mais rapidamente possível”.

E que advertiram que a capacidade mundial para alterar profundamente a dinâmica da pandemia na primeira metade de 2021 está em risco se houver atrasos no financiamento urgente.

Diz-se no comunicado da OMS que além dos mais 4,2 mil milhões de dólares (3,5 mil milhões de euros) necessários ainda este ano, serão precisos em 2021 mais 23,9 mil milhões de dólares (20,1 mil milhões de euros).

Lembrando que desde abril a parceria ACT Accelerator “tem apoiado o esforço global mais rápido, mais coordenado e bem-sucedido da história para desenvolver ferramentas de combate a uma doença”, a OMS diz que há avanços “significativos” na investigação e desenvolvimento de formas de combater a doença e que a iniciativa conjunta está pronta para assegurar uma forma de atacar a fase aguda da pandemia, desenvolvendo testes, tratamentos e vacinas.

Através do ACT Accelerator, lembra-se no comunicado da OMS, mais de 50 testes de diagnóstico estão a ser avaliados e estão a ser disponibilizados testes rápidos para países pobres, além de estarem a ser avaliados novos tratamentos. Através da rede Covax estão a ser avaliadas nove vacinas.

O financiamento necessário irá, diz também a OMS, aumentar o número e capacidade de testagem, acelerar a disponibilidade do medicamento dexametasona e de oxigénio, e lançar a vacinação em larga escala.

No Fórum da Paz, citada no comunicado, a presidente da Comissão Europeia, Úrsula von der Leyen disse que os 28 mil milhões de dólares necessários (4,2 mil milhões este ano e 23,9 mil milhões no próximo ano) são o equivalente ao que o setor dos transportes e o setor global do turismo perdem em apenas dois dias de confinamento.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.294.539 mortos em mais de 52,7 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.250 pessoas dos 204.664 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.


 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.