Lucro do Santander Totta cresce 22,6% até Setembro

 Lucro do Santander Totta cresce 22,6% até Setembro

 

Lusa / AO online   Economia   30 de Out de 2007, 15:54

O lucro do Santander Totta cresceu 22,6 por cento nos primeiros nove meses deste ano, face ao período homólogo, para 388,3 milhões de euros, suportado pelo aumento do produto bancário e do resultado de exploração.
Em igual período de 2006 o resultado líquido do banco liderado por Nuno Amado foi de 316,6 milhões de euros.

O resultado obtido até Setembro deste ano foi influenciado por "ganhos relacionados com a alienação de uma posição no BPI e a constituição de provisões de carácter não recorreentes", refere o Santander Totta em comunicado, tendo o resultado recorrente sido de 372,1 milhões de euros.

A contribuir para a evolução do lucro consolidado total esteve o aumento de 19,4 por cento do produto bancário, para 984,9 milhões de euros, "em resultado do aumento da margem comercial e dos resultados de operações financeiras (consequência da venda das acções do BPI), e a subida de 30,9 por cento do resultado de exploração.

A margem comercial aumentou 3,4 por cento para 812,2 milhões e a margem financeira cresceu 6,6 por cento para 519,3 milhões de euros, beneficiando "do crescimento da actividade comercial, nomeadamente o crescimento de 11,3 por cento no crédito concedido à banca comercial, essencialmente suportado pela subida de 10,8 por cento no segmento de particulares e de 20,6 por cento em negócios", refere o banco.

As comissões líquidas recuaram 1 por cento, para 266,5 milhões de euros.

A rendibilidade dos capitais próprios (ROE) melhorou em 0,3 pontos percentuais, passando de 25 por cento para 25,3 por cento.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.