Lucro da Corticeira Amorim cresce 14,7% até Setembro


 

Lusa / AO online   Economia   5 de Nov de 2007, 16:59

O lucro da Corticeira Amorim cresceu 14,7 por cento até Setembro, para os 14,7 milhões de euros, face a igual período deste ano, anunciou a empresa.
Em comunicado, a Corticeira Amorim explica que o "excelente desempenho" registado nos meses de Julho e Agosto contribuiu decisivamente para que o terceiro trimestre fizesse melhorar todos os indicadores consolidados da empresa.

As vendas acumuladas nos nove primeiros meses do ano cresceram 5,2 por cento, relativamente ao período homólogo, para 352,9 milhões de euros, aponta.

A Corticeira Amorim explica que o crescimento da actividade nas duas principais unidades de negócio (rolhas e revestimentos) "mais do que compensaram os efeitos da desvalorização do dólar americano e outras moedas de exportação", com o efeito cambial a "pesar" negativamente nas vendas cerca de 2,3 por cento.

O EBITDA (resultados antes de impostos, juros, amortizações e depreciações) foi de 44,6 milhões de euros e o EBIT (resultados operacionais) foi de 28,3 milhões de euros, apresentando um crescimento acumulado até Setembro de 10,5 por cento e 22,8 por cento respectivamente.

A Corticeira Amorim destaca ainda no período que a função financeira "continuou a sofrer o impacto da subida da taxa de juro", referindo que "para os níveis de endividamento semelhante houve um aumento de cerca de 1,9 milhões de euros nos juros suportados", o que representa um acréscimo de 30 por cento.
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.