Política

JS/Açores propõe criação de bancos de manuais escolares

JS/Açores propõe criação de bancos de manuais escolares

 

Lusa/AO online   Regional   3 de Set de 2010, 12:14

O presidente da JS/Açores, Berto Messias, defendeu esta sexta-feira a criação de bancos de manuais escolares nas bibliotecas municipais existentes no arquipélago, considerando que a medida pode reduzir as despesas das famílias com a educação dos filhos.
A criação dos bancos de manuais escolares foi proposta numa carta que Berto Messias enviou ao presidente da Associação de Municípios dos Açores, João Ponte, onde defende que as bibliotecas municipais criem espaços para o depósito dos livros já utilizados, que poderão ser levantados por quem precisar.

“Esta é uma medida que pode dar um contributo importante às famílias, diminuindo as despesas que têm com a educação dos filhos”, refere Berto Messias na carta, divulgada pela JS/Açores.

Neste documento, defende que “os municípios utilizem as estruturas que já têm afectas às suas bibliotecas municipais e criem uma valência que seja capaz de ter mecanismos para troca e empréstimo de livros”.

O líder da JS/Açores considera, no entanto, que devem ser definidas regras, incluindo a definição de quem pode recorrer a estes bancos e penalizações para quem danificar ou não conservar devidamente os manuais.

Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.