Açoriano Oriental
Internet
Jovens usam internet para conversar em 'chats'
A maioria dos estudantes entre os nove e os 14 anos utiliza a Internet para conversar em "chats", apesar de 84,1 por cento dos pais pensarem que o fazem para procurar informação, segundo um estudo que será divulgado esta sexta-feira.
Jovens usam internet para conversar em 'chats'

Autor: Lusa/AOonline
"A comparação das respostas dadas pelos estudantes e pelos encarregados de educação é extraordinariamente interessante. Na utilização da Internet, as crianças respondem que o fazem para conversar ou descarregar músicas e os pais estão convencidos que elas a utilizam para pesquisar informação e como apoio aos trabalhos escolares", disse à Lusa o coordenador geral do "Estudo de Recepção dos Meios de Comunicação Social" José Rebelo.

    Outro dos factos salientados pelo coordenador geral do estudo, é o de 11,1 por cento dos jovens inquiridos confessarem que usam a Internet para visitar sites pornográficos, facto admitido apenas por 0,7 por cento dos pais.

    Quase metade das crianças inquiridas (42,5 por cento) usa a rede para publicar fotografias ou informações, questão que é apontada por 75,9 por cento dos pais quanto a preocupações ao uso da net.

    Refira-se que as visitas a sites pornográficos preocupam também 70,6 por cento dos encarregados de educação que responderam ao inquérito.

    De acordo com um outro estudo, do Projecto Eu Kids Online, revelado em Setembro, Portugal é, a par da Polónia, o único em 21 países europeus onde os pais portugueses menos conhecem o que os seus filhos fazem on-line.

    Na parte do estudo dedicada aos jovens, ficou também claro que "o investimento das famílias em equipamento é inversamente proporcional ao seu estatuto socioprofissional".
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.