Açoriano Oriental
Presidenciais
João Ferreira cancela ações de campanha previstas para hoje

O candidato presidencial João Ferreira cancelou as ações de campanha previstas para esta terça-feira, um encontro com a deputada socialista Isabel Moreira e uma iniciativa com a população em Almada, por causa da infeção do Presidente da República.

João Ferreira cancela ações de campanha previstas para hoje

Autor: Lusa/AO Online

A informação foi confirmada à agência Lusa por fonte da candidatura do comunista, que não adiantou mais informações.

João Ferreira tinha dito, ao final da noite de segunda-feira, que estava “tranquilo” relativamente ao facto de Marcelo Rebelo de Sousa estar infetado com o SARS-CoV-2, acrescentando que vai aguardar por indicações das autoridades sanitárias.

“Estou tranquilo e farei aquilo que me recomendarem as autoridades de saúde. Neste momento estou absolutamente tranquilo”, disse o candidato aos jornalistas à margem de uma ação de campanha, na noite de segunda-feira, na Padaria do Povo, em Lisboa.

Desejando ao Presidente da República “uma pronta recuperação”, o candidato do PCP disse vai aguardar, também, pelas indicações que sairão da reunião de responsáveis políticos e especialistas prevista para terça-feira.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, teve um teste positivo de diagnóstico ao novo coronavírus, mas está assintomático, e cancelou toda a sua agenda para os próximos dias.

Marcelo Rebelo de Sousa e João Ferreira debateram na noite de 04 de janeiro.

"Tendo o Presidente da República testado negativo ontem, e apesar do teste antigénio de hoje ser negativo, soube-se agora, às 21:40, que o teste PCR deu positivo", lê-se numa nota publicada no portal da Presidência da República na Internet.

Segundo a mesma nota, o chefe de Estado, "que está assintomático" comunicou esta situação "ao presidente da Assembleia da República, ao primeiro-ministro e à ministra da Saúde e, encontrando-se a trabalhar em Belém, aí ficou e ficará em isolamento profilático na zona residencial, aguardando o inquérito epidemiológico".

"Cancelou toda a agenda para os próximos dias, a começar com sessão com os peritos no Infarmed e a audição dos partidos políticos previstas para amanhã [terça-feira]", acrescenta-se na nota.


PUB
 
PUB
Regional Ver Mais
Cultura & Social Ver Mais
Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.