Mundial 2010

Homens armados assaltam jornalistas em Magaliesburg


 

Lusa/AO Online   Futebol   9 de Jun de 2010, 06:47

Dois jornalistas portugueses e um espanhol que acompanham a seleção portuguesa de futebol no Mundial2010 da África do Sul foram hoje assaltados por homens armados, mas estão bem.

Um repórter fotográfico do jornal O Jogo, um jornalista do Expresso e um outro da Marca dormiam no complexo de casas de campo Nutbush quando foram surpreendidos pelos assaltantes (alegadamente eram dois, mas as autoridades admitem que possam ter sido mais) que cometeram o furto cerca das 04:00.

Material fotográfico, passaportes, credenciais do Mundial2010 e roupa foi o principal material roubado: apesar do risco e gravidade da situação, os profissionais em causa não foram vítimas de violência física.

O facto do complexo ser isolado – aliás, como todas as “cottage” na zona de Magaliesburg – terá facilitado a ação dos prevaricadores, que num terreno aberto e descampado terão saltado a vedação sem problemas de maior.

Em grande número, a polícia chegou ao local cerca de duas horas depois e admite a possibilidade de pedir a ajuda de um helicóptero para bater a zona.

A maior parte dos profissionais de comunicação social que estão alojados no local está a fazer diligências no sentido de se mudar para outro empreendimento.


Açormédia, S.A. | Todos os direitos reservados

Este site utiliza cookies: ao navegar no site está a consentir a sua utilização.
Consulte os termos e condições de utilização e a política de privacidade do site do Açoriano Oriental.